16.10.08

Cheira-me...

... que o meu dono vai para a borga. Acabou de me passear, está-se a vestir (e já andava vestido...), aparenta uma calma que esconde alguma pressa...
Deve-se estar a aproximar a cena de me dar uma guloseima e me explicar que volta. Podes ir. Mas já sabes que ocupo o sofá e que, quando voltares, quero um passeio redobrado.

16 comments:

Teodoro said...

Desculpe a minha ignorância... O que é ir "para a borga"? Ir passear? As diferenças do português de Portugal e do Brasil...

caniche vagabundo said...

Hehehe... são todos iguais!!!
(... e nós também...)

Gata Verde said...

Nem mais amiguinho!
Não o poupes...
;)

Van Dog said...

É, Teo, "ir para a borga" é sair de casa e ir divertir-se. Enfim, é o que eles acham. Erradamente, no meu ponto de vista. Acho que o meu dono se iria divertir muito mais se fosse passear pelos campos comigo... ;)

Thor said...

Com certeza, Van!

Thor

Zig said...

Realmente, o teu dono...

Sabes que ultimamente gosto cada vez mais passear aos domingos com a minha filha mais a cadela dela, fazemos um "trio" espectacular...:)

Teodoro said...

Ah, entendi!!! E concordo com você... Ia ser muito mais divertido. Beijo e bom final de semana!

inca said...

ehehe sabes van os donos por vezes também precisam de um bocadinho de borga ;O), e claro tens razão quanto ao passeio redobrado.

domino said...

Estás sempre um passo à frente VD!! Eh eh , assim é que é!!

Safira said...

Ficas no sofá, BOss? És um cão muito lindo. A Sasha Margareth tem de fazer pelo menos uma asneira quando a dona dela sai...A dona leva uns bons minutos a pensar no que tem de esconder, antes de sair, mas nunca se safa completamente...

Pandora said...

Deixa lá Van, os humanos não aprendem...
Beijos.

4patas said...

Aproveita Van
(o descanso e a "desforra"!!!)

;))

4patas

Náná said...

quandos os meus novos vão para a borga, passear, sempre deixam uma música para eu ouvir e uns petisquinhos extras, assim eu faço a minha farra/borga por casa e pela cama deles que é imensa, e onde eu adoro esconder pedacinhos de coisas

eheheheh
abracinhos van

da Náná

Constança Lucas said...

quandos os meus donos vão para a borga, passear, sempre deixam uma música para eu ouvir e uns petisquinhos extras, assim eu faço a minha farra/borga por casa e pela cama deles que é imensa, e onde eu adoro esconder pedacinhos de coisas

eheheheh
abracinhos van

da Náná

Bhixma said...

Uma pequena surpresa para si no Expresso do Oriente...

Cléo said...

Realmente os donos são todos iguais, na hora da saida lá vem o biscoito, é a compensação por nos deixar sózinhos, mas 'tou contigo, dono fora, sofá grande...hi,hi!