4.4.07

No fundo no fundo...

... sei que o meu dono adora passear-me. É uma oportunidade para apanhar sol. Ou vento e chuva... E, quando se concentra um pouco, apercebe-se dos cheiros, das luzes, dos movimentos das pessoas... A cidade tem o seu encanto. É preciso é parar um pouco para o sentir...
E depois, é graças a mim que conhece muitos vizinhos. Alguns foram passear câzoada amiga. Outros pura e simplesmente nâo resistem aos meus encantos...

4 comments:

Anonymous said...

É bom passear com uma boa companhia de 4 patas, é verdade!

Qualquer dia peço-te emprestado, Van Dog, para matar saudades! (claro que te devolvo no final do dia!!! Arfff!!!)

caniche vagabundo said...

Pois eu, tenho um problema... uma vez mordi o rabo de um Golden cá do prédio (não vale a pena explicar porquê) e agora tenho fama de ser um caniche perigoso...
Há quem diga que os vizinhos com cães espreitam pela janela antes de saírem para se certificarem de que eu não estou na rua!
Enfim, pelo menos posso estar à vontadinha... é que quando estão a olhar muito para mim, eu fico inibido e não consigo fazer nada sólido... eheh! Também acontece contigo?

Carracinha linda! said...

Bem...quando chove a potes não é lá muito agradavel ir-se passear o cão. A menos que seja uma cadelinha linda e amorosa como a que lá está em casa dos pais. Ela merece tudo.

Até leite com café...maçã cortada aos bocadinhos...etc.

É muito mimo...mas é bom!

Bom fim-de-semana.

Beijinhos!

Van Dog said...

Sim, é verdade que algumas etapas dos passeios precisam de concentração...
E nunca me tinha passado pela cabeça que o meu dono não fique absolutamente delirante por me ir passear... mesmo quando chove... ;)