15.4.11

Juntar dois cães mandões

Não é fácil. E há que ter todos os cuidados, para que a coisa não descambe. E mesmo assim não há garantia de que a aproximação resulte.

Para que o Boss e o Jak se vão conseguindo relacionar, a ajuda do Fernando Silva, da Educacão, tem sido fundamental.

Na rua já se respeitam, cheiram, e até já há umas abanadelas de cauda quando se vêem.

Não há a certeza de que se vão dar bem dentro de casa. Mas há a certeza de estar a ir pelo melhor caminho: a seguir os conselhos de quem sabe muito e entende o comportamento da canzoada. E usa sempre métodos positivos.


6 comments:

lalage said...

É bom saber dos progressos :)

LisbonGirl said...

Miúdos difíceis!!!!! :))
É por pouco tempo!
Páscoa Feliz, VD! Saudades!

Cristina Torrão said...

Uma atitude de muita coragem, ter dado abrigo temporário a outro macho. Os animais mais novos costumam respeitar os mais velhos. Mas o Boss está habituado a ser o "boss" em sua casa. Espero que corra tudo bem :)

Emmy said...

Hummmmm...Como eu compreendo o Boss...mas tb sei como é bom termos amigos para brincar, mesmo que seja temporariamente!

Len said...

Olá :) Tenho um canito que apanhei na rua há 2 anos e ele tem sido filho único desde então. Como passa muito tempo sozinho queria arranjar-lhe uma companhia feminina pois ele é um cão mandão :P Como devo fazer? Já a escolhi e tudo mas receio iniciar o processo de adopção porque não sei como começar. Não me queres/querem ajudar?

Van Dog said...

Olá Len, recomendo vivamente que te aconselhes com um entendido. Para teres a certeza que tudo decorre da melhor forma. Por aqui, para juntarmos o Boss com o Jak, recorremos ao Fernando Silva, da Educacão. Foi uma ajuda preciosa! Boa sorte! É sempre fantástico salvar um cão, fazendo uma adopção responsável.