11.1.09

O Lucas e a Lili - Sessão III

Tudo foi planeado ao detalhe: o Lucas chega e fica algum tempo na sua caixa de transporte - assim a Lili pode aproximar-se à vontade.
Assim que ela percebeu que o Lucas lá estava, fugiu. Refugiou-se no quarto do dono, a reclamar de cada vez que alguém se aproximava.
Ainda se gerou uma discussão sobre a melhor estratégia, mas a pena que a Lili nos deu fez com que ficasse fechada no seu refúgio, sem que o Lucas se pudesse aproximar demasiado. Não parou de a chamar a noite inteira...

Esta estratégia não está a resultar. Cheira-me que da próxima vez se vão deixar os dois à vontade. A Lili vai passar algum medo, os humanos mais caguinchas vão andar perto deles armados de luvas, toalhas e borrifadores, mas a situação há-de evoluir!

10 comments:

náná said...

se eles não se entenderem ficarão cada um no seu canto

relaxem :)

hoje aqui tá um calorão eheheheheh

lambidinhas
Náná

Gata Verde said...

Essa dos borrifadores é nova para mim, mas deve resultar!! ;)

beijocas

Zig said...

Necessitam os dois o seu espaço...;)

Thor said...

Eu espero que eles fiquem mais amigos.

Thor

Sandra Duarte said...

Eu também acho que o melhor é deixá-los à vontade. Depois logo vão vendo como correm as coisas. Se quiserem, pagam-me um café, e eu vou até lá ver como as coisas correm!!!
Eheheh!

Sandra Duarte said...

O que eu não faço por um café!!!!
;)

Van Dog said...

É capaz de ser uma boa ideia, Sandra, que aqueles humanos andam um bocadinho perdidos... ;)

Rutinha said...

e entao, como tem corrido?

Van Dog said...

Ainda não se juntaram outra vez. Conto as novidades assim que houver. Prometo! :)

Rute said...

Tem-se que ter calma ;)

beijocas