12.1.09

"O FIV não é um bicho papão..."

Quando o gato Lucas foi fazer o teste do FIV, o veterinário disse-lhe que, se desse positivo, não seria um drama; muitos gatos com FIV vivem felizes por muito tempo.
O Chibbito é um belo exemplo.

15 comments:

Zig said...

Só entendo de doenças caninas, por isso, o quê é um FIV??

Teodoro said...

Eu tenho Felv, que é a leucemia felina. Obrigada pela dica do post! Minha mãe só descobriu que eu tinha depois de me levar a uma veterinária especializada e agora eu me sinto muito melhor e saudável! Tenho que tomar dois remédios todos os dias para aumentar meu sistema imunológico, mas a vet disse que posso ter uma vida normal.

Van Dog said...

FIV - virus da imunodeficiência felina - diminui as defesas naturais dos gatos. Muita gente (e cães, como eu...) pensava que era quase uma sentença de morte. E não! :)

Bixus said...

O Elvis também é FIV positivo, diagnosticado em Junho de 2006. Apesar disso, continua alive & kicking! E bem bonito, por sinal! :)(Foto aqui: http://bixusenaoso.blogspot.com/2007/04/deciso.html)
Está castrado, vacinado, desparasitado e muito bem de saúde. Vai periodicamente ao médico, para controlar a situação, mas nunca mais teve problemas.
O mal, muitas vezes, é a falta de informação...
Um gatinho com FIV é um gatinho como os outros!

Uma dona babada said...

cá no prédio temos dois gatos, o Crispim e o Gui, que são alimentados pelos vizinhos e dormem na garagem de uma das minhas vizinhas. o Crispim chega mesmo a ir fazer sestas para casa dos meus vizinhos de cima, depois quando está farto de estar em casa pede para ir para a rua outra vez. É o máximo!
Quando soube que o Crispim tinha FIV, e me disseram que era comparável à SIDA humana, fiquei cheia de pena do gato, porque gosto muito dele e pensei logo que ia sentir a falta dele quando já cá não estivesse.
Mas já se passou montes de tempo e ele está bem. às vezes tem uns ataques e é levado ao vet para levar umas injecções, mas de resto é um gato com uma vida de principe. Por isso, se um gato de rua que tem FIV vive com qualidade de vida, os gatos de casa ainda mais.
Obrigada Van por trazeres este assunto à baila e partilhares a história do Chibito. pode ser que assim as pessoas comecem a estar mais bem informadas e que, tal como eu, percebam que não é uma sentença de morte. longe disso!

Justine said...

Já mo tinham dito, mas é sempre bom confirmares!

Náná said...

não fazia ideia
que existia tal doença

ainda bem que tem tratamento :)

Náná

LisbonGirl said...

És absolutamente ADORÁVEL, VD!:))

escarlate.due said...

a Sheeva que foi recolhida cá para casa há 2 anos, é outro exemplo! :)

caniche vagabundo said...

Desejo o melhor para o Lucas!

Van Dog said...

O Lucas não tem FIV - o teste deu negativo. Mas ficámos a saber que, se tivesse,ía conseguir viver bem com a doença.
Uauff para ti, Caniche!

Uma dona babada said...

que bom para todos!

CAP CRÉUS said...

A Dona Ingrid é disso um bom exemplo!
:-) Está aqui para as curvas!

CAP CRÉUS said...

A Dona Ingrid é disso um bom exemplo!
:-) Está aqui para as curvas!

Rute said...

:)