21.10.08

As "Puppy Mills"

São mais uma demonstração do que humanos horríveis fazem. Se quiser ler sobre o tema (pode impressionar), o Timon escreveu sobre as puppy mills aqui.
Fundamental mesmo é passar a informação que, se alguém quiser mesmo optar por comprar um cão, não o faça nunca onde não tenha um contacto próximo com a origem do cão (conhecer o criador, visitar os pais, ...). Se não, sem saber, pode estar a contribuir para este horror.

9 comments:

Raquel said...

Já conhecia as ditas "puppy mills", é horrível. O pior que se possa imaginar. E têm eles um orgulho naquele país...eu tinha vergonha!
Pior, não esterilizam os animais e andam aos milhares na rua. Vão para o canil e, em média, são abatidos cerca de 40 cães diariamente, por cidade! São uns largos milhares anualmente.
Em Portugal também há destas coisas, claro que não na mesma proporção! Mas há imensos criadeiros que não têm o mínimo de condições para os animais. Os animais são autênticas máquinas de fazer cachorros. Quando já não servem, abandonam ou entregam-nos no canil!
Pensem duas vezes quando passarem por uma lojinha de animais e virem aqueles pobres coitados enfiados numa caixa à espera que alguém os compre. Se ninguém comprasse, se olhassem para as ruas e para os canis por este país fora, as coisas seriam bem diferentes.

Van Dog said...

Pelo que sei, Raquel, não é ´so naquele país. Existem imensas "puppy mills" nos países de leste, que vendem para toda a Europa. Inclusivé para cá.

Uma vez conheci uma humana que comprou um cão pela internet a um "criador" na Hungria. O cãozinho era bem mais pequeno do que seria normal para aquela raça. Não sei de onde veio, mas suspeito... :(

Na minha opinião, quem está neste meio pensa que todas as pessoas com alguma atenção ao mundo que as rodeia têm a informação básica sobre estes temas. Muitas não têm. Por isso toda a informação que possamos passar pode fazer alguma diferença...

Papinhas said...

...não conhecia!

Que horrores estes humanos são capazes de fazer!!!

puffff cada vez fico mais triste com "eles"!!!

:(

Raquel said...

Claro, Van. Não é só ali, infelizmente. Falei neste caso por ser este o tema em causa e por, a meu ver, ser o país que está mais na "moda" pelos mais diversos assuntos.
Há criadeiros e criadeiros, isso é verdade. E também há que informar as pessoas destas situações que passam, na maioria das vezes, ao lado ;(

Van Dog said...

Uauff!

Gi said...

As puppy mills são um horror. Não vi esse programa mas já li descrições, e já vi fotos. Não sei como é possível tamanha selvajaria. Não sei como é possível quem está envolvido nisso andar em liberdade. Não sei como é possível.

Zig said...

Esta situação é bastante divulgada pelas associações dos direitos do animal nos EUA, mas nem por isso esta situação melhore, infelizmente!

Nocas Verde said...

Querido Van Dog,
Serve o presente para, e segundo mandato directo de Lord F., lhe comunicar solenemente que foi premiada pela Verde daquele lado
http://avidadestelado.blogspot.com/

Obrigado e Parabéns.
beijo

caniche vagabundo said...

Também vi o programa... infelizmente, não fiquei surpreendido...