11.11.07

Nomes...

Há muitos anos, algures numa aldeia em inglaterra, um padre jovem, acabado de sair do seminário, ocupa o lugar deixado por outro padre, aposentado. Nessa paróquia as pessoas desconfiaram de um padre tão jovem.
Levou consigo o seu cão - o "Satanás". O cachorro tinha o hábito de ser obediente e deitar-se onde lhe mandavam. E daí não saía.
No final da primeira missa que deu, padre e populares saiem da igreja como de costume. O padre, verificando que o cão não se encontrava no local onde o deixou, começou aos gritos pela rua chamando o seu cão, "Satanás, Satanás, Satanás..."
Escusado será dizer que os populares, muito religiosos que eram, partiram em debandada ao verem tão grande aflição do padre.
(Obrigado ao Fernando Silva - a quem a Mary Ray contou esta história, verídica. num seminário.)

8 comments:

Rita said...

pobre cão!! com tanto nome.. foi logo escolher aquele..

Bhixma said...

sem qualquer apreço pelo belzebu, até acho o nome giro, ainda por cima escolhido por um sacerdote...

TH said...

que nome ele foi escolher para o cão!
Thor

Lalage said...

Se ainda fosse Lúcifer (portador da luz) eu até compreendia a escolha do nome, mas Satanás (adversário)... Que mau gosto. E ainda por cima o coitado era obediente.

Zig said...

É caso para dizer: que raio de nome para um cão!

lola said...

:)

Verdi y Gaucho tibetano en Madrid said...

pobre perro, a quien se le ocurre llamarlo asi...

Rita S said...

Mas também que raio de nome para um padre escolher para o seu cão. Ainda se fosse Belzebu ou Demo...
Festas