5.9.07

O sítio onde nos levam a passear...

... tem que ter um mínimo de interesse. Não basta ser ao ar livre... Plantas é bom. Um canteiro, no mínimo. E cheiros interessantes. Rastos da presença de outros cães é o ideal.
É que, num pátio sem qualquer interesse, por mais voltas que dêmos, torna-se difícil termos motivação para deixarmos as nossas marcas...

20 comments:

pensamentos de cão said...

Concordo plenamente contigo! E já agora nada de pressas nas ida à rua. Nós gostamos de cheirar, cheirar mais uma vez e voltar a cheirar todos os pormenores que nos aparecem pelo caminho!

Diabba said...

Vos levam a passear?? não são vocês que passeiam os donos?

beijos d'enxofre no focinho

Zig said...

Que saudades dos passeios com a minha cadela....

Vieira Calado said...

Então não é como os donos?
Quem é que gosta de passear em páteos?
Ar ar livre, sim, com cheiros a plantas e... fêmeas.
Um abraço.

Linhas&Missangas said...

:) e às vezes uns animais mortos e umas porcarias para nos esfregarmos :D

Carracinha linda! said...

E muita terra para poderem esgravatar...não? E uns insectos a voar perto desses canteiros, para poderem perseguir?

Rute said...

eheheh começa a puxar o teu dono para onde queres ir ;)

mini said...

:D
Eu faço sempre isso, mas muitas das vezes vou sem trela. Isso é que é muito bom.

caniche vagabundo said...

Passear, passear... não há nada melhor!

Rita said...

Espero que não queiras também um ou outro gato para perseguir... é que eu também gosto muito de gatos e essa rivalidade ancestral deixa-me triste.
Festas

Van Dog said...

hehe... podiamos fazer um verdadeiro manual...

E Diabba, tens razão... só que às vezes os donos trocam-nos as voltas!...

Rita, ... bem... quer dizer... só se for um jogo da apanhada... só jogo mesmo... aliás, às vezes são eles que andam atrás de nós... mais uma vez na brincadeira, claro...

gasolina said...

Tudo isso e ainda... caracóis para dar focinhadas; outros cães para ladrarmos mais alto que eles; gente a passar para nos distraírmos e atrasar o regresso a casa; espaço suficiente para rodarmos três, quatro vezes e ainda não ser ali o lugar ideal...

eheheh!

Abraço!
OuF!Ouf!
Gaspar

mini said...

Não conheço os caracóis... o que é isso Gaspar?
E os pombos? Isso é que é fixe.
Outra coisa que adoro, são as garrafas de água que as pessoas deixam por acaso nos passeios ou na estrada...
ui ui

bjecas said...

Os donos e as suas vidas apressadas...

\m/

Cléo said...

Concordo contigo.E mais...tempo para correr atrás das folhas que são levadas pelo vento, observar atentamente o andar pachorrento do caracol, cumprimentar os amigos e os seus donos, namorar com o Gaspar, puxar a trela, comer ás escondidas qualquer coisita...mas eles não entendem nada! E o passeio da manha, durante a semana, não vos parece mais curto?

Cléo said...

Ah! Já ia esquecendo...e tempo para cheirar alfazema que eu adoro!

Afgane said...

Van,
No meu caso e da Kuska os nossos patudos é que nos levam a passear pelo quarteirão inteiro. Onde existirem cheiros é passagem obrigatória e mais uma marca para cada um, se aparece um gato pelo meio aí é a versão Vida Loca!
Abraço

marla said...

para nós passear na rua é como lermos as notícias no jornal, diz a minha dona que leu algures...

como sempre, acho que ela tem razão!

afinal de contas pelo cheiro sabemos quemfez xixi, se est´de saúde, se é macho ou fêmea - olha um autêntico filme!

slap's

marla said...

desculpa as gralhas.
entusiasmei-me com a cena do filme em que o galã me vem cheirar as orelhas ;0)

xxx

Van Dog said...

hehe...