24.8.07

No Perú...



... tratamento de cães sobreviventes do terramoto.




Notícia Terra, via Comments and Images.

14 comments:

IM said...

Ainda bem que há pessoas "curadas" do preconceito especista que ajudam animais...
(isto é a conversa que ouço à minha dona....eheheh...eu não tenho este paleio, mas fica-me bem, não fica???)
Michael

Sofia Goncalves said...

Estou deliciada com este blog.Vi no blog do Cantinho dos Animais de Beja, a referencia a este blog.Vou divulgar num dos meus, pois vale mesmo a pena vir aqui.

gasolina said...

Fico Feliz de saber que há quem se preocupe realmente connosco!
Haja CORAÇÃO!!!

AUF!Ouf!
Gaspar

LisbonGirl said...

Também fico muito FELIZ! Cuidar é cuidar de TODOS e do Planeta!:)) Obrigada VD, por seres tão HUMANO!

Lulu said...

Ahhhhh!!!
Adorei ver a reportagem aqui tbm... e adorei o foco do blog!!
AMO, AMO, AMO DOGS!

nice said...

Boa! Força Peru. ;)*
Não estão numa posição fácil, mas ainda assim não esquecem os animais.

Rute said...

sim ainda bem que há pessoas boas :)

caniche vagabundo said...

Que bom... eles também merecem ser (bem) tratados...

Zig said...

Vi no outro dia uma emocionante reportagem sobre a busca dos cães vítimas das cheias de New Orleans....

Gioconda said...

Felizmente que ha quem ainda se preocupe com os animais...

marla said...

É nas desgraças que se vê o coração dos homens.

obrigada VD por passares esta reportagem.

slap's

Carracinha linda! said...

Ora aí está uma boa notícia!!!! Ainda há por aí boa gente a preocupar-se com os animais.

Por acaso, vi na semana passada na RTP2 um programa que falava sobre equipas de pessoas que, depois do furacão Katrina ter atingido os EUA, tinham como missão resgatar e prestar auxílio aos animais domésticos que tinham sido apanhados pelo furacão. Quando foram evacuados, os habitantes não puderam levar consigo os seus animais (cães, gatos, pássaros, etc) por imposição das autoridades. Segundo o programa, cerca de 250.000 animais tiveram que ficar para trás, não podendo ser evacuados com os seus donos. Fiquei abismada com o número. E foi de facto impressionante ver o empenho dessas pessoas na recuperação de animais e no tratamento médico que lhes prestavam! Mesmo indo contra a proibição de entrar em determinadas zonas, onde poderiam até ficar contaminados por alguma doença devido ao estado das águas, não desistiam de tentar salvar qualquer animal que viam.

Rita said...

Van,
Também vi o documentário de que a Carracinha fala foi de facto comovente até falo disso no me blog... É bom saber que no meio da desgraça ainda há tempo para se preocuparem com os mais desprotegidos.
Festas

Van Dog said...

Zig, Carracinha, Rita, que pena não ter visto... Mas que bom que passou!
Estas notícias são sempre muito boas de ver...